035.4. Ver 10 filmes 'decentes': The Fighter

Confesso que não sou fã de boxe. Nem de filmes sobre boxe.
Mas felizmente, The Fighter não apenas é um filme sobre boxe.
É acima de tudo um filme sobre dramas familiares.
Sobre relações disfuncionais.
Sobre o acreditar que um dia tudo vai mudar.



Sem dúvida alguma, o que mais de destaca no filme é a interpretação de Christian Bale, que está fenomenal no papel de Dickie Eklund.
A sua transformação física é incrível: a perda de peso, os dentes postiços, a redução da linha do cabelo, e quando somamos tudo isto ao sotaque e aos maneirismos, não conseguimos deixar de ver Dickie como a personagem dominante do filme. Muitas vezes sobrepondo-se a todas as outras.
É o meu favorito ao Óscar e a sua interpretação é razão mais do que suficiente para verem este filme.

Classificação Bigodiana: 8/10

115 min - Biografia | Drama | Desporto - 2010
Direcção: David O. Russell
Argumento: Scott Silver, Paul Tamasy e Eric Johnson
Podem ver mais sobre o filme, no site ou no imdb.

Para terminar, deixo-vos com uma das frases do filme:
"[after seeing the size of his opponent] That guy did not just get off the fuckin' couch. If he did, I'm gonna get a couch like that." – Mickey Ward

Joana, a Dona do Bigode.

035.3. Ver 10 filmes 'decentes': O Discurso do Rei

Surpreendeu por ser o mais nomeado pelos Óscares da Academia em 12 categorias, incluindo a de Melhor Filme, Melhor Realizador (Tom Hooper), Melhor Actor (Colin Firth), Melhor Actor Secundário (Geoffrey Rush) e Melhor Actriz Secundária (Helena Bonham Carter).
Apesar de tudo, em termos narrativos, é um filme que não surpreende.
A parte técnica do filme é excelente, tal como as interpretações, principalmente a de Geoffrey Rush.
Mas tirando isso, não acho que seja que vá ficar na nossa memória durante muito tempo.



Até agora, é o meu favorito ao Óscar de Melhor Realizador.
Achei a realização soberba. Todos os planos parecem ter sido pensados e estudados ao pormenor, com uma atenção especial à escala de planos e às regras de composição clássicas.

Classificação Bigodiana: 8/10

118 min - Biografia | Drama | Histórico - 2010
Direcção: Tom Hooper
Argumento: David Seidler

Podem ver mais sobre o filme, no site ou no imdb.

Para terminar, deixo-vos com uma das frases do filme:
"…fuckity, shit, shit, fuck and willy. Willy, shit and fuck and… tits." – Rei Jorge VI

Beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

050. Ir ao Eleven.



Ir ao Eleven era algo que já falávamos há muito tempo.
Estivemos para ir durante a nossa Lua de Mel alternativa, e depois o tempo foi passando... até ao nosso 2º aniversário de casamento, em que a minha fantástica Mãe nos ofereceu um Top Jantares da 'vida é bela'.
Depois de algumas dúvidas iniciais, entre o Eleven e o Fortaleza do Guicho, ficou definido que era para ser usado no Eleven, e assim fomos ontem.



As expectativas eram muitas e confesso que pensei que ia ficar aquém das minhas expectativas.
Mas não, tudo o que provámos era óptimo.
Escolhemos um menu que, supostamente, só existe durante este ano e que está relacionado com o aniversário do restaurante. Era o Eleven em 11 passos, isto é, 11 pequenos pratos.
Foi qualquer coisa como o que aqui se segue (com a possibilidade, claro está, de alguns nomes não estarem 100% correctos):

  • Pão e manteiga - Eu escolhi o de Sementes de Papoila e o T. provou o Sementes de Papoila, o de Tomate e o Branco. E veio fascinado com o pão.
  • Aperitivos do Chef - Destes é que não nos lembramos mesmo dos nomes, bem tentámos mas não, mas eram 3 diferentes. Um de salmão (que se vê na foto da mesa), um de legumes e umas bolinhas/croquetes de coelho. Eram muito bons. Para mim, principalmente o de legumes.
    Devo confessar que o de coelho foi um grande esforço de comer, porque é algo que nunca como, principalmente por razões sentimentais, e foi definitivamente uma experiência a não repetir!
  • Terrina de Foie Gras com Chutney de Tangerina e Gengibre - Para mim, o melhor prato (empatado com o queijo). Era divinal. Já para o T., foi o que gostou menos.
  • Creme de castanhas com Redução de Farinheira - O sabor das castanhas com o da farinheira é uma combinação brilhante. E algo que tenho que explorar cá por casa.
  • Peixe do Dia, seleccionado pelo Chef e Castanhas do "Pára" - Eu que não sou fã de peixe que não seja grelhado, dou a mão à palmatória. Era muito saboroso, apesar de não ter ideia de que peixe era.
  • Risotto de Cogumelos - Eu adoro Risotto! Se existe coisa neste mundo que me dá um 'quentinho cá dentro' é risotto. E este era muito bom, mas foi o único prato que não ultrapassou as minhas expectativas. Faltava-lhe algo para se destacar do comum risotto que faço cá em casa.
  • Timbale de Rabo de Boi (Waygo) - O preferido o T., de braço dado com o bolo de amêndoa. Eu também achei divinal. A carne desfazia-se de tão tenrinha. O molho era excelente. E o acompanhamento idem idem, aspas aspas.
  • Queijo de Serpa com Pêra embebida em Vinho Tinto - F-A-B-U-L-O-S-O! Quer o queijo, quer a combinação com a pêra. Mas não é de surpreender que eu tenha delirado, dizem as más línguas que tenho uma costela de rato queijaólico.
  • Bolo de Amêndoa com Gelado de Leite-Creme - O preferido do T., acho que ainda agora ele deve estar a sonhar com o bolo. Mas dêem-lhe amêndoas ou algo que possa ter uma pequena semelhança com massapão que ele é um homem feliz!
  • Créme Brûlée de Manga - Bom, mas com demasiado sabor a manga para o meu gosto. Não é que não fique agradável. Eu é que não gosto de manga...
  • Mignardises - Que incluíam as Telhas de Amêndoa produzidas pela Casa Fina e que são de comer e chorar por mais.

Tenho pena de não ter conseguido fotografar os pratos, mas as fotos ficavam demasiado feias para serem mostradas. Com pouca luz e cheias de grão. Esta foi uma das poucas que ficou apresentável.
Mas podem ver aqui, algumas imagens do restaurante e de alguns pratos.

Tinha lido algumas críticas ao atendimento, mas na verdade, fomos fabulosamente atendidos.
Inclusive, fomos cumprimentados pelo simpático e talentoso Chef Joachim Koerper no início da refeição e no final.
Não tenho absolutamente nada a apontar ao atendimento. Porém também calculo que o facto de o restaurante estar praticamente vazio, tivesse ajudado.
Ainda nos ofereceram um pequeno bolo no final, que aproveitei para levar à minha mãezita como agradecimento da prenda.
Curiosamente, a mesa em que ficámos foi precisamente a da imagem em baixo.




(imagens retiradas da Revista Eleven Cookbook)


Em resumo, recomendo vivamente.
Não acho que seja um restaurante para qualquer pessoa, não pelo preço, mas sim porque é necessário ter algum gosto e curiosidade por pratos de autor. Estar aberto a experimentar ingredientes e combinações diferentes. E de disfrutar toda a experiência.
Devo dizer que apesar de ser comum ouvir dizer que se passa fome neste tipo de restaurante, a nossa experiência não foi de todo essa. E o que comemos foi mais do que suficiente.
Ficámos fans e pretendemos voltar. Mais que não seja durante o próximo Lisboa Restaurante Week. Querem vir?

Beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

035.2. Ver, pelo menos, 10 filmes 'decentes': Food Inc.

Nas últimas 2 semanas, decidimos começar a levar a dieta a sério. Termos uma relação mais saudável com a comida e perder peso é um dos grande objectivos de 2011.
E ver este filme veio um pouco no seguimento das mudanças que temos estado a fazer.



Mas acabou por surpreender, não pela maioria dos factos apresentados, que já conhecia de outro documentário que descobri através do Meatless Mondays, mas sim pela qualidade do filme.
Achei que estava muito bem construído, conciso e com óptimos grafismos (ok, defeito profissional, eu sei!). Uma excelente combinação de bom entretenimento com informação.

Não recomendo o filme a quem tenha o estômago sensível ou que pretenda continuar a comer fast food regularmente. A todos os outros recomendo e aconselho!

Classificação Bigodiana: 8/10

94 min - Documentário - 2008
Direcção: Robert Kenner
Argumento: Robert Kenner, Elise Pearlstein e Kim Roberts

Podem ver mais sobre o filme, no site ou no imdb.

Beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

029. Ir a, pelo menos, 5 exposições: Tinta nos Nervos (1/5)

A pedido da dona do bigode e porque, supostamente, sou mais "entendido" nesta área, farei a review da exposição "Tinta nos nervos" patente no Museu Berardo até dia 27 de março.



Não é fácil convencer uma leitora ávida de literatura vária a consumir "bonecos aos quadradinhos com uma história menor", principalmente se é alguém de cinema que possui uma cultura visual bastante extensa, mas a verdade é que a J. tem-me acompanhado nas minhas aventuras bêdênianas e promete continuar, inclusive a ler o meu livro favorito: Watchmen,(o filme não conta) por isso acompanhem o blog porque vai animar.

Fomos ver a exposição acompanhados do A. e tal como esperado é uma exposição sobre bd feita por autores portugueses, que se apresenta robusta com vários nomes desde João Fazenda, a Pepedelrey ou Victor Mesquita.



Logo à partida somos convidados a deixar um post-it com um desenho nosso, com o intuito de pertencer à BD que se vai compondo na parede, com "vinhetas" de post-it deixadas por visitantes anteriores, confesso que ia deixar uma vinheta mas as canetas tinham sido guardadas e quem me rodeava tinha provavelmente um terço da minha idade o que me fez pensar se era boa ideia.

A exposição é composta por um corredor extenso com várias salas e montras onde podemos ver trabalhos originais, esboços e exemplares de vários livros já publicados. Um horror, vontade de partir os vidros e roubar todos os livros.
Os originais, em termos de qualidade, vão desde o clássico "a minha filha de 2 anos fez um igual terça-feira passada" ao "'pera lá isto não é impresso e o gajo fez isto com canetas??".
Acho que todos nós tivemos algo para o gosto de cada um: eu as canetas irrepressíveis de Victor Mesquita no seu Eternus 9 (quase 25 anos depois de eu o ter visto a primeira vez), o A. teve as páginas originais do livro do João Fazenda que lhe dei o ano passado, e a J. teve os desenhos originais de Rafael Borbalo Pinheiro. Penso que todos gostámos e foi um final de tarde bem passado, mesmo agora que o frio convida a ficar mais em casa.

Aconselho e recomendo, não como fã de banda-desenhada, mas como bon vivant das artes e passeios. É também uma óptima oportunidade para ver com os próprios olhos que somos mais que bons jogadores de futebol, consumidores de enchidos e carnes frias várias e que produzimos arte e BD de qualidade.

Um abraço.
Tiago, o Dono da Barba.

049. Ir ao Eduardo das Conquilhas

Estávamos em plena marginal, num belo dia de sol de inverno, à procura de uma esplanada para recarregar baterias. Ou como o T. diz para eu fazer fotossíntese, pois parece que com pouca fotossíntese o meu humor fica pouco recomendável. Mas eu, não faço ideia do que ele quer dizer com isso! Cof! Cof!

Mas adiante, lembrámo-nos que o Eduardo das Conquilhas estava no Bigode e que nada melhor que um belo marisquinho para nos lembrar do verão.
E para nós, esta é a melhor maneira de que riscar as 'coisas do Bigode': quando é espontâneo e, ainda, corre às 1000 maravilhas.



Bem mas vamos lá à comiduxa... que é o que interessa.
Quase que parecia mal ir ao Eduardo das Conquilhas pela primeira ver e não comer o que dá o nome à casa. Por isso, pedimos umas Conquilhas à Eduardo.
Enquanto esperávamos pelas conquilhas fomos debicando um fantástico salpicão caseiro e bebericando umas imperiais.
As conquilhas chegaram... E aquilo que tenho a dizer é que estavam Ó-P-T-I-M-A-S! Com um sabor a mar delicioso e um molho de comer e chorar por mais. Eram tudo o que esperava. Pareciam bocadinhos de verão e de mar em pequenas conchas! Uma delícia.



Mas enquanto comíamos as conquilhas, ouvi falar em pastéis de massa tenra. Coisa que adoro e que já nem me lembrava da última vez que tinha comido. E ali tinham ar de fazer uns pastéis divinais.
Ora bem dito, bem feito. Pedimos os 2 pastéis e quando o sr. nos disse que era só esperar pelo tempo de fritar, foi música para os meus ouvidos! Ia comer pastéis de massa tenra e acabadinhos de fazer! Uma visão divina!!
Esperei ansiosamente e mal olhei para eles sabia que iam ser bons!
E eram, eram óptimos. Daqueles de comer e chorar por mais.

Resumidamente, o Eduardo das Conquilhas recomenda-se e MUITO!
De certeza que vamos lá voltar muitas e muitas vezes.
Da próxima quero experimentar as ameijoas e a sapateira e o T. certamente vai querer provar os caranguejos do Alasca de que tanto gosta ("ouviste" mãe? estamos a contar contigo!).
E prometo que faço aqui o relatório! Ah, e se alguém quiser partilhar uma das viagens é só dizer!

Deixo-vos com um conselho do Eduardo, que é um óptimo conselho.



Só não se esqueçam de levar dinheirinho convosco, que no Eduardo não se aceitam cartões.

Correcção de Última Hora: Parece que afinal já tinha ido ao Eduardo das Conquilhas, quando era pequenina. Segundo a minha Mãe, talvez por volta dos meus 6 anos, depois de um dia de praia na linha com ela e umas amigas. Reza a história que ia cansada e ao colo de uma delas. Talvez por isso não me lembro de lá ter ido! Mas aqui fica a correcção.

Beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

035.1. Ver, pelo menos, 10 filmes 'decentes': Sunshine Cleaning

O que, inicialmente, me chamou à atenção foi o filme ser dos mesmos produtores de Little Miss Sunshine. Mas depois de ver o trailer, a premissa apresentada deixou-me ainda mais curiosa.



Mas Sunshine Cleaning não me convenceu tanto como Little Miss Sushine.
Apesar das semelhanças serem bastantes. E de terem até um actor em comum (Alan Arkin).
As personagens são mais cliché, menos inesperadas.
Toda a história é mais frágil, chegando mesmo a parecer que podia ter sido mais desenvolvida.

Mas apesar de tudo isto é um bom filme e recomenda-se.

Classificação Bigodiana: 6.5/10


91 min - Comédia/Drama - EUA - 2008
Direcção: Christine Jeffs
Argumento: Megan Holley
Com: Amy Adams, Emily Blunt, Alan Arkin, Jason Spevack, Steve Zahn, Mary Lynn Rajskub, Clifton Collins Jr.
Nota: Este ano, os filmes são ter votos de 0 a 10, em vez de 0 a 5.

Podem ver mais sobre o filme, no site ou no imdb.

Beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

A Lista de 2011

Confesso que a 'coisa' não estava fácil.
Além de este ano ter começado cheio de trabalho...
estava bastante indecisa sobre o que escolher para a nova lista.

Senti que algumas das 'tarefas' da lista passada não tinham sido muito bem escolhidas e não queria que se passasse o mesmo este ano.
Por isso, no pouco tempo livre que tive, fui pensando naquilo que gostaria mesmo de fazer.
Quais os projectos, os sítios a visitar, as mudanças que queria, etc.
Até cheguei a pensar fazer uma lista mais pequena.

Mas finalmente, consegui decidir quais as 'tarefas' deste ano.
Estou decidida a seguir com mais ânimo esta lista e até já comecei a cumprir alguns dos itens.
Espero em breve já estar a riscar tarefas :)

Entretanto, a Liliana e a Carla seguiram a ideia do bigode e também tornaram o 2011 delas num ano com lista :) Obrigado meninas. É sempre bom saber que não estamos sozinhas!

E sem mais demoras, deixo aqui fica a minha lista de 2011:

001- Fazer, pelo menos, 1 ilustração para o 'They Draw and Cook'.
002 - Fazer, pelo menos, 5 desenhos 'What I wore today'.
003 - Tirar, pelo menos, 10 fotos para o 'Bench Monday'.
004 - Enviar, pelo menos, 5 postais no 'Postcrossing'.
005- Enviar 1 segredo para o 'Postsecret'.
006- Fazer, pelo menos, 3 ‘5 Second Project’.
007- Tirar, pelo menos, 1 foto para o grupo ‘What’s in your bag?’.
008- Tirar, pelo menos, 5 fotos para o grupo ‘change the ground beneath your feet frequently’.
009- Tirar uma foto para o ‘Young me - Now me’.
010- Fazer os cartões de visita da joanamuge.com.
011- Fazer um postal de natal da joanamuge.com e do Atelier.
012- Fazer um site novo para o Atelier.
013- Começar a produção da curta-metragem que tenho na cabeça.
014- Tirar, pelo menos, 5 fotos da Nisca.
015- Tirar uma foto nossa todos os meses e fazer um filme com todas, no final do ano.
016- Organizar uma “Tertúlia Criativa”.
017- Ter pelo menos 2 dias culturais por mês.
018- Ir ao Museu de Arte Popular.
019- Conhecer o Palácio do Marquês de Pombal.
020- Revisitar o Palácio Nacional de Queluz.
021- Ir ao Museu do Oriente.
022- Ir à Casa das Histórias.
023- Revisitar a Cinemateca.
024- Ir à Bedeteca.
025- Ir ao Festival de BD de Beja.
026- E ao da Amadora.
027- Ir ao Jardim Botânico Tropical.
028- Ir pelo menos a 5 concertos/óperas/peças de teatro.
029- Ir a, pelo menos, 5 exposições.
030- Fazer pelo menos 2 workshops/oficinas/formações.
031- Ler 15 livros.
032- Procurar um cantor(a)/banda novos todos os meses.
033- Acabar o jogo Donkey Kong Country Returns.
034- Rever alguns filmes.
035- Ver, pelo menos, 10 filmes 'decentes'. 'Filmes de pipocas' não contam.
036- Rever pelo menos duas temporadas do Six Feet Under.
037- Ver TODOS os episódios do Mad Men (a partir da 2ª temporada).
038- Não ligar a tv, pelo menos, 1 dia por semana.
039- Ver os filmes nomeados para melhor filme, antes dos Óscares.
040- Fazer uma 'Óscar Party'.
041- Aprender a fazer Sushi.
042- Fazer uma 'Fiesta'.
043- Comer 5 coisas novas. Que nunca tenha comido.
044- Experimentar, pelo menos, 20 receitas novas.
045- Provar 5 vinhos novos.
046- Experimentar novas receitas de pães caseiros.
047- Ir ao Marginalíssimo.
048- Ir à Koni Store.
049- Ir ao Eduardo das Conquilhas.
050- Ir ao Eleven.
051- Ir ao Tease empanturrar-me de cupcakes.
052- Ir a uma das festas do Rockline.
053- Ir a um Brunch.
054- Ir ao Maxime
055- Beber Limonada num Quiosque.
056- Festejar o Carnaval.
057- Festejar o Halloween.
058- Ir ao Cristo-Rei.
059- Passar um dia na piscina.
060- Fazer um piquenique na praia à noite.
061- Ir a 3 praias diferentes.
062- Fazer um ‘Vá pr’a fora cá dentro’.
063- Ir à FIA.
064- Ir à Feira da Malveira.
065- Ir ao Mercado de Cascais.
066- Ir às Caldas da Rainha.
067- Ir à loja da Arcádia na Av. de Roma.
068- Ir à Muji.
069- Ir à A Vida Portuguesa.
070- Aprender tricot e crochet.
071- Fazer um taleigo/saco do pão.
072- Fazer uma bolsa de lápis para o T.
073- Fazer um cachecol para o T.
074- Comprar umas Fly novas.
075- Comprar, pelo menos, 5 vernizes novos.
076- Comprar uma base.
077- Comprar aquela caneca da Pantone que ‘tou farta de namorar.
078- Comprar mais collants coloridos.
079- Ter um mini-garden.
080- Comprar loiça de barro.
081- Comprar o Borda D’Água 2011.
082- Comprar uma andorinha Bordallo Pinheiro.
083- Comprar um Manjerico.
084- Doar Roupas.
085- Continuar a emprestar dinheiro no Kiva.
086- Continuar sem fumar.
087- Deixar crescer o cabelo. Proibido cortar mais do que as pontas.
088- Pintar o cabelo sem ser ruivo.
089- Tentar seguir a máxima: 'an apple a day keeps the doctor away'.
090- Habituar-me a beber 1 litro de água por dia.
091- Continuar no Pilates (ou trocar por outra actividade).
092- Emagrecer.
093- Resolver os problemas de bricolage pendentes.
094- Alterar a parede dos quadros na sala.
095- Organizar o roupeiro, malas e sapatos.
096- Organizar decentemente a despensa!
097- Investir numas boas cadeiras para o escritório/atelier.
098- Mudar o candeeiro da sala.
099- E o do escritório/atelier.
100- Fazer uma lista nova para 2012.

Beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

O bigode em 2011

Calculo que saibam que em 2010, tive algumas dúvidas sobre manter ou não o blog...
Sem estar à espera senti a minha vida devassada, a ser espiada por alguém que pensava já não fazer parte da nossa vida, alguém que nunca contribuiu positivamente.
A minha primeira reacção foi de acabar com o blog. De manter a nossa vida privada só nossa. De a afastar dos olhos que não queremos que nos vejam. Apercebi-me pela primeira vez o que é ter um nome como o meu e o quanto é fácil chegar às minhas coisas com uma simples pesquisa. Comecei a pensar que talvez o melhor fosse tornar-me anónima, deixar de assinar tudo o que não tivesse a ver com o meu trabalho. Pensei em 1001 coisas e de repente todo este mundo e esta partilha me pareceu algo mais feio.
A verdade é que tudo isto me perturbou e durante muito tempo não tive vontade nenhuma de voltar ao bigode.

Mas sinceramente, já fiz as pazes com a situação.
Sei que a pessoa continua a visitar o bigode... e calculo que nunca vá deixar de nos tentar espiar de uma forma ou de outra. Tenho a certeza que continuará a esconder-se atrás de um computador, com a ilusão que está a conseguir ver a nossa vida, sem nós sabermos. Ou de tentar saber coisas por portas e travessas.
E que por mais que me esqueça que tudo isto existe, vai existir sempre... de uma forma ou de outra.

Mas pessoas têm a importância que lhes damos, e eu decidi que toda esta situação me é indiferente.
E que só afectará a minha vida se eu deixar. E que eu sou mais do que tudo isto.


Por isso, ainda bem que tudo isto aconteceu.
Porque percebi que venha o que vier, nada me vai privar de ser eu.
De continuar a assinar as coisas com o meu nome.
De continuar a fazer o que me apetece e como me apetece.
De continuar a viver a minha vida à minha maneira.

Como tal decidi continuar com o bigode.
E quero que além de ser um sitio com uma lista de objectivos, seja uma continuação da minha vida.
Um sitio onde me posso rir de mim mesma e do que me rodeia, onde posso soltar o meu veneno, onde me posso libertar do bom e do mau. Mais do que tudo... onde posso dizer o que penso, onde sou eu.

Tenho saudades de escrever, de partilhar o que penso e em vez de começar um novo projecto, achei que este era o sítio e que o deviar tentar fazer aqui.

Espero que para o bigode, 2011 seja um ano melhor.
Mais activo.
Mais divertido.
De mais descoberta.
De mais vida.

A lista de 2011 ainda está a ser elaborada.
Acho que não terá 100 coisas. Provavelmente vão ser menos.
Alguns dos objectivos que não fiz talvez os passe para 2011.
Outros vão ser completamente excluídos.
A verdade é que ainda estou muito indecisa...
E como tal, aceitam-se sugestões :)

Para finalizar este primeiro post sobre 2011:
Para o meu esponjo, um GRAAANDE OBRIGADO!
Por apoiar sempre as minhas maluqueiras.
Por estar sempre presente.
E por fazer parte deste bigode com o mesmo afinco que eu.


Para todos os que me visitaram/visitam um Obrigado ENOOOORME!
Pelo apoio. 
Pelos comentários.
Pelo interesse.
Pelas surpresas.

Uns grandes beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

O resumo do ano bigodiano de 2010

Ora bem... antes de mais tenho que admitir que fiquei bastante longe do objectivo inicial das 100 coisas... Fiz apenas 39 coisas!

E por variadíssimas razões:

- porque detesto ter de fazer coisas por obrigação e se tinha alguma dúvida em relação a isso, em 2010 percebi definitivamente que sou mesmo assim;

- porque foi, para não variar, um ano de grandes mudanças, e no meio de tanta mudança fizeram-se outras coisas que nada tinham a ver com o bigode e este, pobrezito, acabou por ficar para segundo plano;

- porque andei focada noutros objectivos e tenho alguma dificuldade, confesso, em conseguir fazer tudo ao mesmo tempo.

Confesso, que algumas das coisas actualizadas no último post até já tinha feito há bastante tempo....
Mas ou não tirei foto, ou tive preguiça de actualizar e o tempo foi passando e ficou tudo para a última :(

Resumidamente, foi um bom ano.
Apesar das mudanças, dos altos e baixos, das intromissões inesperadas, de tudo.
As 39 coisas que fiz/fizemos foram sem dúvidas as mais importantes.
Fizemos apenas o que nos apeteceu e não se pode pedir mais do que isso.

Se 2011 foi igual posso dizer que será bem bom :)

A actualização final da lista de 2010!


002. Ir a uma exposição
Não fomos apenas a uma, mas a várias.
Até porque o CCB é um 'poiso' frequente.
Assim de repente, algumas das que mais gostei foram:
- A da Joana Vasconcelos no CCB;
- A dos Gémeos no CCB;
- E a do Niko Henrichon no Festival Internacional de BD de Beja.
Este ano será ano de ver mais e mais exposições. :)

004. Fazer uma Saia
Ora bem, fazer não fiz.... Tenho que dizer a verdade. :P
Mas comprei bastantes e elegi a saia como a minha nova peça de roupa favorita!
Isto é, 90% das vezes ando de saia, por isso não cumpri o objectivo mas compensei! LOL

005. Ir a um Museu novo
Se contarmos com a ida ao Museu Berardo, a ida em vão à Casa das Histórias (ver no nr. 18) e a ida pela primeira vez à Bd da Amadora e de Beja, pode dizer-se que foi cumprido com excelência.

018. Ir à Casa das Histórias
Fomos à Casa das Histórias em Agosto, mas infelizmente a exposição estava fechada.
Espero voltar este ano.

021. Tirar o Cartão de Cidadão
Objectivo cumprido! Até porque o BI caducou :P

022. Ver um pôr do sol
Foram vários os que vimos.
Infelizmente não fotografei nenhum... :(
Mas o que ficou mais na memória foi na Capricciosa, no dia do nosso 2º Aniv. de Casamento.

023. Ler 10 livros (1/10)
Ler do principio ao fim foi apenas um.
Ainda comecei mais uns 3 ou 4, mas não acabei. Eu sei... é uma verdadeira vergonha.
Para me redimir, as prendas de anos e natal foram quase todas livros e este ano vou por a leitura em dia.
Está prometido!

024. Doar roupas
Já estão escolhidas e em sacos.
Faltou só ir entregá-las. :(

025. Ir 12 x's ao cinema (6 ou 7/12)
Não fui as 12 vezes, mas devo ter ido umas 6 ou 7.
Sim, eu sei que não fiz posts de todos os filmes que vi no cinema e tal e tal.
Mas foi um ano em vi muitos mais filmes do que nos anteriores. Apesar de muitos deles não terem sido vistos no cinema!
Eu sei que não cumpri o objectivo, mas para mim já foi um grande progresso! :)

027. Comprar pão na Quinoa
Foi dos primeiros objectivos que cumpri.
E até lá fui mais do que uma vez, mas nunca levei máquina fotográfica, as fotos do telemóvel ficaram uma miséria e acabei por nunca actualizar..
Mas tenho a dizer que é o MELHOR PÃO QUE JÁ COMI NA VIDA :)
E que todos deviam ir experimentar. Recomendo e só tenho pena que são seja mesmo aqui ao lado de csa para ir lá todos os dias!

028. Ir comer Choco Frito
Não me lembro se este ano fomos comer choco frito a Setúbal.
Mas sei que comemos várias vezes num dos nossos restaurantes habituais e que não fica nada atrás do de Setúbal.

045. Comprar Flores 1x/mês (5/12)
073. Pedicure caseira 1x/mês (3/12)
088. Fotografar as Blythes 1x/mês (1/12)
A parte das flores correu muito bem nos primeiros 5 meses. Mas depois fartei-me do facto de ter de as comprar.
A pedicure fui fazendo quando me apetecia/lembrava/precisava. Não faço ideia de quantas vezes fiz, mas que os pexinhos andaram sempre catitas andaram! :P
As Blythes andaram um pouco esquecidas no meio do resto, mas não se pode ter tudo ;)
Resumidamente, detesto fazer coisas por obrigação e estes objectivos mensais do bigode ainda me mostraram mais isso!

048. Comer chocolates Arcadia
Para mim uma das melhores surpresas de 2010.
Não foram os chocolates em si, que isso já conhecia (para mim são os melhores do mundo) mas sim a surpresa associada a eles.
Foram enviados por uma querida amiga de faculdade, que já não vejo há uns bons anos, e foi fantástico recebe-los assim sem estar à espera.
Aurora: mais uma vez, o meu obrigado!

051. Beber um Esporão
Foi bebido, sim senhor. Mas para variar não fotografado nem actualizado :(
Foi bebido no dia em que o Benfica foi campeão, antes de ir para os festejos!

054. Continuar SEM fumar
Foi um ano completamente sem tabaco.
Nem um cigarrinho.. NADA! ZERO!
Fez em setembro um ano que deixei de fumar e é para continuar.
2011 também será um ano sem fumo :)

056. Experimentar Danças Orientais
Depois de muitas dúvidas entre Danças Orientais, Yoga e Pilates... Acabei por me decidir pelo Pilates, que faço desde setembro e que é coisa para continuar!

059. Escrever uma carta de amor ♥
Não escrevi uma carta, foi um diploma.
Mas foi para o meu amor e pela reacção dele cumpriu o objectivo :)

061. Andar de Baloiço
Fui com o esponjo à noite para o parque dos miúdos e andamos de tudo...
Baloiço, escorrega.. tudo :)

086. Fazer pelo menos 6 Backups (6/6)
Não sei quantos backups fiz... Isto porque me habituei a fazê-los regularmente, em vez de esporadicamente!
Vá... umas palminhas para mim que mereço! :)

089. Conduzir mais!
Não conduzi tanto como queria, a preguiça muitas vezes é mais forte.
Mas já foi um ano melhor :)

085. Comprar um Colchão Novo
Este objectivo foi riscado não porque compramos, mas porque decidimos que não queriamos um novo.
Depois de irmos ver/experimentar outros, percebemos que aquele está mesmo ao nosso gosto! :P

091. Oferecer prendas de natal handmade
O ano passado muitas das prendas foram uns cabazes de comidinhas feitas aqui pela famelga Muge-Pimentel.
Este ano muitas delas foram prendas do atelier Maria Papoila :)

094. Fazer uma Jantarada
Não foi em minha casa, nem fui eu que organizei.
Mas foi um momento chave do ano, sem dúvida.
Foi o jantar de curso.
Aconteceu apenas a semana passada e foi excelente rever pessoas que não via desde 2006.
Parecia que nos nunca nos tinhamos deixado de encontrar :)
Adorei e quero repetir!

098. Comprar um Perfume Novo
Não comprei, mas ofereceram-me no Natal!
Além de ter uma embalagem linda, maravilhosa... Adoro o cheiro :)
É o She Wood Velvet Forest Wood DSQUARED².

100. Fazer um resumo do ano que passou
Será o post a seguir :)

101. Fazer uma lista nova
Já está a ser feita! E aceitam-se sugestões!



E assim fica a lista final de 2010:
002. Ir a uma exposição
004. Fazer uma Saia Não fiz, mas usei muitas :)
005. Ir a um Museu novo
007. Pintar uma tela
008. Fazer um pic-nic
009. Passar um dia na piscina
010. Fazer sushi
011. Comer na Maritaca
012. Ir a um Brunch
015. Ir ao Teatro
017. Fazer uma Mala
018. Ir à Casa das Histórias
019. Fazer uma Manta
021. Tirar o Cartão de Cidadão
022. Ver um pôr do sol
023. Ler 10 livros (1/10)
024. Doar roupas
025. Ir 12 x's ao cinema (6 ou 7/12) Não foi cumprido a 100% mas foi um progresso e fiquei satisfeita :)
026. Ir ao Oceanário
027. Comprar pão na Quinoa
028. Ir comer Choco Frito
029. Ir ao Maxime
030. Comprar uns sapatos vermelhos
031. Ir ao Buddha Eden
032. Ir a uma Casa de Fados
034. Voltar ao Mude
035. Andar de Cacilheiro
038. Ter uns vasinhos aromáticos
039. Fazer Pastéis de Massa Tenra
040. Fazer um workshop
041. Ir ao Buffet do Miss Saigon
043. Ir ao Deli Delux
044. Ir ao IndieLisboa'10
045. Comprar Flores 1x/mês (3/12)
046. Beber Limonada num Quiosque
047. Ir ao Zoo
048. Comer chocolates Arcadia
049. Ir à Stockshop da Stivali
050. Ir à Conserveira de Lisboa
051. Beber um Esporão
052. Ir ao Cristo-Rei
053. Ir ao Café Saudade
054. Continuar SEM fumar
055. Ajudar alguém
056. Experimentar Danças Orientais que acabou por ser Pilates
057. Fazer um Jantar c/ vários Fondues
058. Ir ao Portugal dos Pequeninos
059. Escrever uma carta de amor ♥
060. Comer no La Hora Española
061. Andar de Baloiço
062. Ir ao Mercado Biológico de Oeiras
063. Ir ao OndaJazz
064. Ir à Feira de Carcavelos
065. Comer no Tomo
067. Andar de Carrinhos de Choque
068. Fazer Bolos de Massapão
069. 'Confidencial' - M/18
070. Fazer as Capas do Sofá
071. Ir à Opera
072. Comprar uma peça de autor
073. Pedicure caseira 1x/mês (3/12)
074. Criar um 'Home Sweet Home'
075. Fazer uma Reeducação Alimentar
076. Tomar um banho à luz de velas
077. Fazer uma Maratona de Filmes
080. Bordar algo em Ponto-Cruz
081. Acabar a Decoração do Quarto
082. Organizar as Receitas
083. Ir buscar o Diploma
084. Ir à Feira do Livro
085. Comprar um Colchão Novo
086. Fazer pelo menos 6 Backups (6/6)
087. Fazer um souflê
088. Fotografar as Blythes 1x/mês (1/12)
089. Conduzir mais!
090. Editar o video do Casório
091. Oferecer prendas de natal handmade
092. Jogar no Euromilhoes (min.6x) (0/6)
093. Comprar um Baton Vermelho
094. Fazer uma Jantarada
096. Ter uma planta que sobreviva
098. Comprar um Perfume Novo
099. Desenhar uma parede
100. Fazer um resumo do ano que passou
101. Fazer uma lista nova