O bigode em 2011

segunda-feira, janeiro 03, 2011

Calculo que saibam que em 2010, tive algumas dúvidas sobre manter ou não o blog...
Sem estar à espera senti a minha vida devassada, a ser espiada por alguém que pensava já não fazer parte da nossa vida, alguém que nunca contribuiu positivamente.
A minha primeira reacção foi de acabar com o blog. De manter a nossa vida privada só nossa. De a afastar dos olhos que não queremos que nos vejam. Apercebi-me pela primeira vez o que é ter um nome como o meu e o quanto é fácil chegar às minhas coisas com uma simples pesquisa. Comecei a pensar que talvez o melhor fosse tornar-me anónima, deixar de assinar tudo o que não tivesse a ver com o meu trabalho. Pensei em 1001 coisas e de repente todo este mundo e esta partilha me pareceu algo mais feio.
A verdade é que tudo isto me perturbou e durante muito tempo não tive vontade nenhuma de voltar ao bigode.

Mas sinceramente, já fiz as pazes com a situação.
Sei que a pessoa continua a visitar o bigode... e calculo que nunca vá deixar de nos tentar espiar de uma forma ou de outra. Tenho a certeza que continuará a esconder-se atrás de um computador, com a ilusão que está a conseguir ver a nossa vida, sem nós sabermos. Ou de tentar saber coisas por portas e travessas.
E que por mais que me esqueça que tudo isto existe, vai existir sempre... de uma forma ou de outra.

Mas pessoas têm a importância que lhes damos, e eu decidi que toda esta situação me é indiferente.
E que só afectará a minha vida se eu deixar. E que eu sou mais do que tudo isto.


Por isso, ainda bem que tudo isto aconteceu.
Porque percebi que venha o que vier, nada me vai privar de ser eu.
De continuar a assinar as coisas com o meu nome.
De continuar a fazer o que me apetece e como me apetece.
De continuar a viver a minha vida à minha maneira.

Como tal decidi continuar com o bigode.
E quero que além de ser um sitio com uma lista de objectivos, seja uma continuação da minha vida.
Um sitio onde me posso rir de mim mesma e do que me rodeia, onde posso soltar o meu veneno, onde me posso libertar do bom e do mau. Mais do que tudo... onde posso dizer o que penso, onde sou eu.

Tenho saudades de escrever, de partilhar o que penso e em vez de começar um novo projecto, achei que este era o sítio e que o deviar tentar fazer aqui.

Espero que para o bigode, 2011 seja um ano melhor.
Mais activo.
Mais divertido.
De mais descoberta.
De mais vida.

A lista de 2011 ainda está a ser elaborada.
Acho que não terá 100 coisas. Provavelmente vão ser menos.
Alguns dos objectivos que não fiz talvez os passe para 2011.
Outros vão ser completamente excluídos.
A verdade é que ainda estou muito indecisa...
E como tal, aceitam-se sugestões :)

Para finalizar este primeiro post sobre 2011:
Para o meu esponjo, um GRAAANDE OBRIGADO!
Por apoiar sempre as minhas maluqueiras.
Por estar sempre presente.
E por fazer parte deste bigode com o mesmo afinco que eu.


Para todos os que me visitaram/visitam um Obrigado ENOOOORME!
Pelo apoio. 
Pelos comentários.
Pelo interesse.
Pelas surpresas.

Uns grandes beijos bigodianos e um até breve,
Joana, a Dona do Bigode.

1 Comentários

  1. Isso é que é falar, boa!!!
    Um excelente ano de 2011

    ResponderEliminar